News

Hundreds of Nigerian Students Kidnapped, Police Say

LAGOS, Nigéria – Homens armados sequestraram 317 meninas de um colégio interno no norte da Nigéria na sexta-feira, disse a polícia, o mais recente de uma série de sequestros em massa de estudantes na parte norte do país.

A polícia e os militares iniciaram operações conjuntas para resgatar as estudantes após o ataque na Escola Secundária de Ciências para Meninas na cidade de Jangebe, de acordo com o porta-voz da polícia no estado de Zamfara, Mohammed Shehu, que confirmou o número sequestrado.

Um pai, Nasiru Abdullahi, disse à Associated Press que suas filhas, de 10 e 13 anos, estavam entre os desaparecidos.

“É decepcionante que, embora os militares tenham uma forte presença perto da escola, eles não foram capazes de proteger as meninas”, disse ele. “Nesta fase, esperamos apenas a intervenção divina.”

Um residente, Musa Mustapha, disse que os homens armados também atacaram um acampamento militar próximo e um posto de controle, evitando que os soldados interferissem enquanto os homens armados passavam várias horas na escola. Não ficou imediatamente claro se houve vítimas.

Vários grandes grupos de homens armados operam no estado de Zamfara, descritos pelo governo como bandidos, e são conhecidos por sequestrar por dinheiro e para a libertação de seus membros da prisão.

“Estamos irritados e tristes por mais um ataque brutal a crianças em idade escolar na Nigéria”, disse Peter Hawkins, representante do Unicef ​​no país. “Esta é uma violação grosseira dos direitos da criança e uma experiência horrível para as crianças passarem.” Ele pediu sua libertação imediata.

A Nigéria viu vários desses ataques e sequestros ao longo dos anos, notavelmente o rapto em massa em abril de 2014 pelo grupo jihadista Boko Haram de 276 meninas da escola secundária em Chibok, no estado de Borno. Mais de 100 meninas ainda estão desaparecidas.

O ataque de sexta-feira veio menos de duas semanas depois homens armados sequestraram 42 pessoas, incluindo 27 estudantes, do Government Science College Kagara, no estado de Níger. Os alunos, professores e familiares continuam detidos.

Em dezembro, 344 alunos foram sequestrados da Escola Secundária de Ciências do Governo em Kankara, no estado de Katsina. Eles foram finalmente libertados.

Anietie Ewang, pesquisadora da Nigéria da Human Rights Watch, observou os recentes sequestros e postou no Twitter que “É necessária uma ação forte das autoridades para virar a maré e manter as escolas seguras”.

A Anistia Internacional também condenou o “ataque terrível”, alertando em um comunicado que “as meninas sequestradas correm sério risco de serem feridas”.

Os professores foram forçados a fugir para outros estados em busca de proteção e muitas crianças tiveram que abandonar seus estudos em meio a frequentes ataques violentos nas comunidades, disse a Anistia.

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button